Saiba quais são os tipos de próteses de silicone

tipos de próteses de silicone

Muitas mulheres, ao decidir colocar silicone nas mamas, levam em conta apenas o tamanho delas. Mas existem os tipos de próteses de silicone no mercado e a escolha entre um deles é de grande importância para todo o processo.

O modelo escolhido será responsável por dar forma às mamas. Sendo assim, é preciso conhecer cada um e optar por aquele que se encaixa melhor ao biótipo de cada paciente.

Para que você entenda um pouco melhor essa relação, preparamos esse artigo com os tipos de próteses disponíveis e suas principais características.

Todos os tipos de próteses de silicone:

Tipos de formato

Redondo

Esse formato é o mais usado, pois preenche igualmente todos os espaços da mama já que é simétrico em todas as dimensões. Sua principal vantagem é que elas realçam a parte superior da mama, dando a impressão de levantá-las.

Outra característica desse formato é que, em caso de rotação ou de deslocamento, as alterações geralmente não serão visíveis.

Cônico

Esse formato é mais indicado para mulheres que querem uma mama mais projetada para a frente. É uma boa alternativa para quem apresenta um leve grau de queda, já que o formato cônico pode melhorar esse aspecto com o tempo.

A única desvantagem é que, se houver exagero, os resultados podem não ficar muito naturais, dando uma aparência mais artificial.

Anatômico (gota)

Também conhecido gota, esse formato imita o molde natural das mamas. Sendo assim, é a melhor escolha para quem espera por resultados mais discretos.

São mais indicados para mulheres que não possuem os seios muito caídos (ptose) e que apresentam a parte superior mais volumosa.

Tipos de perfil

Além do formato, a escolha dos tipos de perfil também influencia no resultado final. Esse aspecto se refere à altura do seio em relação ao tórax e ele pode ser baixo, moderado, alto ou extra alto.

Baixo e moderado

Esses formatos são pouco utilizados. Nesses casos, a base da mama é maior e a projeção (altura) é menor. São mais recomendadas para pessoas com tórax mais largo e que optaram por não deixar os seios em evidência.

Também é muito usada quando há necessidade de reconstrução mamária — como em mulheres que se submeteram à cirurgia de câncer de mama, por exemplo.

Alto e extra alto

Esses são os mais usados para fins estéticos, pois são mais projetados, se ajustam melhor ao tórax e dão um certo realce às mamas. Esse é o formato mais indicado para quem possui a região torácica proporcional e os seios maiores.

Tipos de textura

A textura se refere à superfície da prótese de silicone escolhida. Apesar de não ser possível tocar nela, sua importância não deve ser deixada de lado, pois ela influencia no processo de cicatrização e até mesmo na reação do corpo ao implante.

Quanto à textura, as próteses podem ser lisas, texturizadas ou de poliuretano.

  • Lisa: não são mais utilizadas devido ao alto índice de contratura capsular;
  • Texturizada: apresenta índice de contratura menor e tem microrrugosidades na sua superfície com o objetivo de quebrar a formação da cápsula;
  • De poliuretano: tem o menor número de contratura capsular e também as menores taxas de reoperações.

Como você pode perceber, a decisão de colocar silicone envolve em saber corretamente quais os tipos de próteses de silicone se adequam ao seu perfil de casa paciente. As informações apresentadas neste artigo devem ser levadas em conta para atingir o melhor resultado possível. Combinado?

Agora que você conhece os tipos de próteses de silicone, entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas!

Share: